Nossa Loja

MAÇONARIA EM NAZARÉ
Em meados do Século XIX, registra-se a presença da Maçonaria no Município de Nazaré de forma pujante, quando da visita do Imperador D. Pedro II, o qual é convidado por Membros da Ordem de Cristo, para investidura de Comendador da Ordem de Cristo. Este aceita o convite, e vem a Nazaré em visita Oficial. Visita esta, registrada nos anais da História do Município. Como se sabe, a Ordem de Cristo, sucessora da Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão – Ordem do Templo, possui muito de seus membros associados à Maçonaria.
No início do Século XX, manifestações de grupos de maçons residentes em Nazaré, ou em municípios vizinhos estabeleceram em 23 de julho de 1923 a Loja Maçônica Fraternidade Nazarena, n.º 1011, a qual vem ser regulariza em 02 de junho de 1925, sob os auspícios do Grande Oriente do Brasil – G.O.B. Sendo, portanto, a primeira instituição maçônica a funcionar no Município e daí ser o ponto de partida de tudo o que se realiza até então.
Em 1949, por motivos poucos patenteados, a Fraternidade Nazarena adormece, ficando inativa e esquecida por várias décadas. Em 1997, após a descoberta de documentos antigos que registram a fundação e existência desta Loja Maçônica e, com apoio do Grande Oriente do Brasil, irmãos maçons decidiram pela reinstalação da entidade em 11/11/1997, cujo registro oficial fica assim designado: Augusta e Respeitável Loja Simbólica Fraternidade Nazarena, n.º 3127.
Nos dias atuais, a Loja Fraternidade Nazarena goza de importante inserção social e cultural no município atraindo eventos de importância regional e nacional no âmbito maçônico, e desenvolvendo atividades de formação cultural, espiritual e de prática de beneficência para a juventude através da Ação Paramaçônica Juvenil, no Núcleo Alfa Luz da Acácia e para a comunidade através da Fraternidade Feminina Estrela de Salomão.

Deixe uma resposta